16
Dom, Dez

Atualidades
Fontes

Em seu sermão neste domingo (5), o papa Francisco pediu que os fiéis católicos carreguem e leiam a Bíblia com a mesma dedicação que fazem com seus celulares.

Mesmo sob forte chuva, milhares de peregrinos o ouviam na Praça de São Pedro. Ele questionou os presentes: “O que aconteceria se tratássemos a Bíblia como fazemos com nossos celulares?”. Curiosamente, a maioria dos visitantes tirava fotos e filmava com seus smartphones no momento da homilia.

O pontífice prosseguiu com o questionamento: “Se nós voltássemos para recuperá-la quando a esquecêssemos? Se a carregássemos conosco sempre, mesmo em uma pequena versão de bolso? Se lêssemos as mensagens de Deus na Bíblia como lemos mensagens em nossos celulares?”

Francisco considera essa comparação “paradoxal” e disse que deveria ser uma fonte de reflexão. Segundo ele, a leitura da Bíblia ajudaria as pessoas a resistirem às tentações diárias.

Mesmo tendo contas no Instagram e no Twitter, Francisco já reclamou da tecnologia em diversas ocasiões. “Talvez muitos jovens percam horas demais com coisas fúteis”, disse ele em 2014, num comentário sobre o uso de celulares.

Em outro momento, disse que a internet e a tecnologia são “um dom de Deus”, desde que usadas com sabedoria. Com informações Reuters