26
Qua, Jun

Músicas
Fontes

O cantor e compositor André Valadão apresentou a capa de seu futuro álbum, Bossa Worship. Projeto que visa trazer canções cristãs em inglês com a influência da Bossa Nova, gênero musical de destaque na cena brasileira nas décadas de 1950 e 1960, tem lançamento programado para este ano.

A divulgação da capa, feita em sua página no Facebook e também por meio de publicação no Instagram, inclui as informações de que o disco poderá ser lançado ainda em janeiro. O projeto, segundo texto promovido pelo cantor, visa trazer canções “que abençoaram milhões de pessoas pelo mundo” ao som da bossa.

André chegou a comentar seus planos com o disco ainda no final do ano de 2016. Segundo ele, o lançamento é focado no mercado internacional. “Gravado em inglês, será lançado no exterior e carregará mais da nossa cultura musical e a unção que Deus tem derramado em nosso Brasil para abençoar os gringos”. Além disso, o projeto prevê videoclipes que, segundo o intérprete e músico mineiro, foram gravados no Rio de Janeiro.

Em uma publicação feita em seu Instagram no ano passado, Valadão enfatizou que sua parceria com o músico André Lafaete continua. Lafaete foi responsável pela produção dos álbuns Fortaleza (2013), Versões Acústicas – Canções Internacionais (2014) e Crer para Ver (2015) e que há anos faz parte de sua banda.

Outra parceria confirmada é a do músico e tecladista Wagner Borba, que trabalhou na masterização de Imersão, disco mais recente do Diante do Trono, além de produzir nomes como os cantores Ana Nóbrega e Israel Salazar.

Apesar de André Valadão anunciar seu disco como “o primeiro disco de Bossa Nova gospel que existe”, André não é o primeiro artista evangélico a produzir algo do gênero. O primeiro álbum evangélico com a influência da Bossa Nova foi Novidade de Vida da dupla Edson e Tita, lançado em 1982.