23
Seg, Out

  • Igrejas Evangélicas Livres são igrejas de cristãos que crêem na Bíblia, a Palavra de Deus, e que, pela fé sincera em Jesus Cristo alcançaram a salvação eterna e o perdão dos pecados.

  • As Igrejas Evangélicas Livres são independentes do Estado, entretanto zelam pelo cumprimento das leis, e pela utilização de meios que sirvam de bem-estar da comunidade.

  • Todas as necessidades financeiras são supridas por dízimos e por doações voluntárias provenientes dos seus membros e amigos.

  • As Igrejas Evangélicas Livres tem consciência de que são apenas uma pequena parcela da grande igreja de Jesus Cristo, que abrange o mundo, o tempo e as denominações cristãs.

  • As Igrejas Evangélicas Livres não são uma seita, pois elas não lutam contra os cristãos que se encontram em outras denominações, nem contra a Bíblia. Além disso, elas não defendem para si o privilégio de serem as únicas a possuírem o verdadeiro cunho de piedade cristã ou de serem a única igreja que transmite a mensagem salvadora do Evangelho.

  • Praticamos o batismo por imersão na água, simbolizando o testemunho da união do crente em Cristo, na semelhança da Sua morte e ressurreição (Romanos 6:3-4). E, que pelo batismo a pessoa está sepultando o “velho homem do pecado” e está ressurgindo para uma nova vida em Cristo, sendo por meio do batismo incluída para dentro do corpo ativo de Cristo, a Igreja, e para dentro do serviço cristão.

  • A Ceia do Senhor é uma ordenança de Cristo para os seus discípulos (I Coríntios 11:23-26), por isso, a igreja, em culto, celebra a Ceia do Senhor com espírito de submissão ao Senhor Jesus, exaltando e relembrando o Seu sacrifício na cruz e Sua volta.

  • Ensina que o homem está em ordem com Deus quando observa as ordenanças de Jesus, isto é, o batismo por imersão e ceia do Senhor, e, quando obedece a ordem de Jesus quanto ao dízimo Mateus 23:23, Hebreu 7:1-28 e Hebreus 12:14-15 e busca a santificação pondo em prática os princípios da palavra de Deus.

  • As Igrejas Evangélicas Livres consideram suas tarefas principais a edificação espiritual de seus membros; o testemunho vivo de Jesus Cristo, através da pregação do evangelho em palavra falada e escrita, da vida cristã prática de seus membros e do exercício da assistência social cristã.

  • As Igrejas Evangélicas livres tem como prioridade treinar lideres para o ministério cristão, ensinando aos seus membros que o sacerdócio de cada crente é um ensino predominante na Palavra de Deus. A forma de edificar os membros da Igreja local é por meio de “IGREJA EM GRUPOS FAMILIARES” e cultos de adoração e louvor - “A GRANDE CELEBRAÇÃO”.

  • As Igrejas Evangélicas Livres aceitam e anunciam que Deus tem estabelecido dons para diferentes ministérios, e, portanto, defende todos os dons espirituais mencionados nas Sagradas escrituras.

  • As Igrejas Evangélicas Livres, baseadas em Romanos 8:9, ensinam que o batismo do Espírito Santo ocorre no ato da conversão do homem, porém que cada convertido precisa viver no revestimento do Espírito Santo conforme Efésios 5:18, para que possa ser usado na obra de Deus conforme o dom que recebeu de Deus no dia de sua conversão. Ensina que as evidências do revestimento do Espírito Santo não é necessariamente o dom de línguas, mas o fruto do Espírito Santo citado em Gálatas 5:22-26.