16
Dom, Dez

02 de janeiro de 2017

Leitura Bíblica: Isaías 29.15-16

Os olhos do Senhor estão em toda parte, observando atentamente os maus e os bons (Pv 15.3).

A tecnologia nos proporciona a capacidade de observar as pessoas. Hoje são comuns as câmeras escondidas para vigiar o trabalho de cuidadores de crianças ou idosos. Existem escolas nas quais os pais, de onde estiverem, podem acessar pela internet o ambiente escolar e observar seus filhos, como se estivessem perto deles. Algumas câmeras nem escondidas são. Aliás, estamos cientes de que somos observados e ainda nos deixam um recadinho simpático solicitando um sorriso.

Em certo hospital onde trabalhei éramos observados o tempo todo dentro do posto de enfermagem. Olhavam como preparávamos os medicamentos e o nosso trato com acompanhantes e pacientes. Confesso que não me incomodava, pois já me sentia filmada antes. Sempre soube que os olhos do Senhor estão atentos ao que estou fazendo e agia diante das câmeras da mesma forma como agia sem elas. Mas sei que muitas vezes esquecemos que Deus nos está observando ou não damos importância a ele. Quantos crimes são filmados e o criminoso nem mesmo se incomoda com aquilo? Quantas pessoas cometem atrocidades, filmam e publicam seus atos de violência até mesmo em redes sociais que podem ser acessadas em todo o mundo?

Deus está nos contemplando e não há nada que passe despercebido aos seus olhos. Se praticamos justiça e ele vê, não registraria as iniquidades da mesma forma? Quantas vezes falamos às escondidas, mentimos e enganamos, até para nós mesmos? E aquilo que fazemos escondido muitas vezes Deus expõe, para que saibamos que ele nos contempla.

Deus é o único que nos julga retamente, pois até nossas intenções mais íntimas são patentes aos seus olhos, e não há onde possamos nos esconder. – LFS

Deus sempre vê o que acontece conosco, por isso nos compreende e pode nos ajudar.

01 de janeiro de 2017

Leitura Bíblica: Lucas 2.8-11

Se alguém está em Cristo é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas! (2Co 5.17)

O primeiro dia do ano tem sabor e cheiro de coisa nova! Faz-nos bem pensar que fechamos um ciclo – o ano findo – e começamos outro – o ano novo. Porém, o sentimento de novidade logo passa, tudo volta a ser como sempre foi, e na metade de fevereiro o ano novo já começa a envelhecer! Por isso, precisamos de algo que tenha um poder de renovação mais perene e constante. Algo cuja novidade não perca seu efeito tão rapidamente!

Há poucos dias celebramos o Natal – que também é um ciclo repleto de emoções e significados. Mas, de todos os significados do Natal, o mais importante é o fato de Deus se fazer humano em Jesus, expressando assim seu amor, graça e desejo de relacionar-se conosco. Que tal, então, começar este ano com algo realmente novo: praticar os ensinamentos e o estilo de vida de Jesus?! Isso é bem mais do que apenas ir à igreja! É reavaliar a vida! Mesmo sendo Deus, ele não fez uso de suas prerrogativas divinas enquanto viveu nesta terra. Ele foi próximo, foi tão humano quanto nós, era acessível, amável com as pessoas, interessado em sua vida e suas histórias, olhava para a alma das pessoas, não era preconceituoso, acolhia a todos que o buscavam e era crítico com os que apenas queriam exercer controle religioso.

Então, comece este ano focando no estilo de ser e de viver de Cristo Jesus. Se você não sabe por onde começar, segue uma sugestão: assim como Jesus se aproximou do ser humano, aproxime-se de Deus. Ler a Bíblia e falar com o Senhor todos os dias, sobre todos os assuntos, vai lhe dar uma perspectiva nova da vida – e a partir disso, seus pensamentos, emoções e comportamentos também poderão ser renovados. Estas são boas notícias que valem para o ano todo! – WMJ

Ano novo, vida nova? Só Jesus renova de verdade!

 

Cadastre o seu e-mail para receber informações e novidades sobre o nosso portal.