23
Dom, Set

Devocional
Fontes

13 de dezembro de 2017

Leitura Bíblica: Malaquias 3.14-18

Vocês são povo consagrado ao SENHOR, o seu Deus. Dentre todos os povos da face da terra, o SENHOR os escolheu para serem o seu tesouro pessoal (Dt 14.2).

“Deus não existe”, disse-me uma jovem senhora há poucos dias. Quando afirmei que sabia que ele é real, pois tem feito maravilhas em minha vida, ela comentou que é uma grande tolice adorá-lo! Já o salmista chama de tolas as pessoas que não creem na existência de Deus (Sl 14.1). Quem terá razão?

Muitas pessoas vivem sem esperança, desiludidas com a maldade do ser humano. No povo de Israel, a quem Malaquias escreveu, também havia muitos que pensavam assim: “Não vale a pena servir a Deus. Que proveito temos por guardar as suas leis?” Quem pensa assim conclui que Deus não se importa com a humanidade, e muito menos com o indivíduo. Portanto, se eu não cuidar de mim, quem cuidará? Quando olhamos para a sociedade, notamos que também entre nós há pessoas que não se importam com Deus, mas parecem estar bem! Os maus conseguem melhorar de vida e escapam sem punição. Os arrogantes saem ilesos: desafiam a Deus, fazem o que querem… e prosperam! Aparentemente não há vantagem em viver pensando no que vem depois da morte, quando todas as riquezas materiais se forem. 

Malaquias ofereceu uma resposta a quem pensa assim. Há um grupo de pessoas que Deus chama de seu “tesouro pessoal”. São aqueles que temem o Senhor e honram o seu nome, independentemente das circunstâncias. Eles sabem que Deus os conhece por nome e ouve quando eles o buscam de todo coração. E o Senhor promete ao profeta que vai cuidar desse seu tesouro como um pai que tem compaixão de seus filhos. Quando chegar o fim da sua vida, o que as pessoas dirão a seu respeito? Mais importante que isso: o que Deus pensará a seu respeito? Você fará parte do tesouro pessoal de Deus, ou apenas terá vivido para acumular seus próprios tesouros passageiros? – JG

O ser humano ajunta tesouros passageiros, mas Deus está cultivando um tesouro eterno: seus filhos.

Cadastre o seu e-mail para receber informações e novidades sobre o nosso portal.